E que seja possível ser assim…

Eu sou um tanto confusa com pequenas coisas, porque para as grandes coisas eu sempre sei muito bem o que eu quero ou não. Mas eu fico perdida com os detalhes, deve ser coisa de virginiana. As vezes sinto falta de cair na gargalhada ao lado dele, outras vezes acho que gargalhamos demais e esquecemos de tirar nossas roupas. E assim eu fico nessa brincadeira de tentar equilibrar o nosso relacionamento, eu não digo isso a ele. Isso é outra peculiaridade minha – eu não digo, apesar de adorar conversar. Isso é possível?

Esse não dizer é que faz de mim o que sou para mim mesma. Para que fingir que não tenho máscaras? Eu tenho algumas.

Anúncios