Frases Inspiradoras

Quando a preguiça funcionar como uma corda que te prende no sofá, siga as dicas:

“O componente básico da inteligência social é a habilidade de se relacionar e de se comunicar com as pessoas.”  [Livro: Arte Natural da Sedução]

“Aprendi que todos nós merecemos ser amados simplesmente por sermos quem somos.” [Livro: Quem você quer ser]

“A vida de cada pessoa é um caminho inexplorado. Por isso saia e viva sem se arrepender do que deu errado.” [Livro: Quem você quer ser]

“O que faz do homem um grande homem? Prática. Nada mais.” [Livro: O Dom Supremo]

“A criatividade é o caminho mais simples para resolver um problema complicado.” [Livro: Era uma vez uma empresa]

“Confiar em si mesmo não significa acertar sempre, mas aprender com o próprio percurso.” [Livro: Escolha ser Feliz]

“A vida é curta demais para você perder tempo odiando.” [Livro: Deus nunca dorme]

“A experiência nos mostra que o sucesso é devido menos à habilidade que ao zelo.” [Livro: A Tríade do Tempo]

Anúncios

Comer, rezar e amar

Eu achei que o livro era auto-ajuda e eu não gosto desse estilo. Então também achei que o filme era uma versão tosca, uma comédia romântica, que eu nunca dou risada e nem acho romântica. Agora pense na pessoal COMPLETAMENTE ENGANADA. Oh, filme bonito! Recomendo a todos que estão passando por um momento de DESCOBERTA da própria vida, do jeito de lidar com as coisas, de viver, de querer. Ainda não li o livro, mas pretendo também.

[piada] Mas posso fazer um comentariozinho maldoso? Parece que Julia Roberts aplicou botox nos lábios. A linda mulher tá meio passadinha, Brasil! :P [fim da piada]

A Julia Roberts é uma boa atriz, gosto muito da sua interpretação simples e convincente.

Tudo acaba no mesmo lugar

Eu poderia fazer um post sobre como é difícil entender os homens, mas isso fica para depois. Agora quero apenas dividir minhas lamentações, porque assim elas ficam menores e ganham um pouco de graça.

Conheci um rapaz – eu sempre falo que não quero conhecer ninguém, mas quando menos imagino um homem aparece na minha vida – é quase um meteoro vindo sabe-se lá de onde. Mas vem e eu não quero e depois quero mas daí o cara parece que já não quer tanto assim.

Em pouco tempo tivemos dias felizes, mas eu sou carente e SEMPRE QUERO MAIS. Diferente dele que parece que entrou num estado confortável da relação que tinha acabado de começar. Não é estranho? Eu acredito que relacionar-se é como uma escada infinita, sempre é preciso avançar e avançar e avançar. Mas ele parou. E se no começo já estava assim, fiquei imaginando o depois. E não estava ruim, mas não estava bom pra mim. Então o chamei para uma conversa, ele, que nada tem de bobo, adiantou que aquela situação poderia ser minha TPM, poderia, mas não era. A TPM (minha) apenas potencializa o que eu quero, me dá força, me dá coragem. E eu disse com todas as letras: “eu não sirvo para você, e você não serve pra mim.” Ele sorriu dizendo “você me chamou aqui para dizer isso?”. E isso é muito importante para mim – dizer – como ele não entendeu? Mas por fim nos entendemos, precisei explicar o meu jeito de ver um início de relacionamento, que é muito diferente do dele e ficamos na amizade. Mas não quero a amizade dele, porra. Não quero nada. Eu queria apenas que ele continuasse a subir a escada comigo, mas ele quis parar. O que posso fazer? E acho que fiz bem em falar, estou aprendendo isso na terapia: não guardar nada, não querer que as pessoas adivinhem. Fui lá e falei. E passei o Reveillon comendo bolacha champanhe e assistindo Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças. É isso.

“Sou apenas uma garota ferrada procurando por paz de espírito.” frase de Clementine Kruczynski, no filme citado acima.

Eu não abro

É um direito comum, inerente (se esta for mesmo a palavra) de eu não querer estar para ninguém. E isso não é a tradução de que eu não quero ninguém, tão pouco o contrário disso. Eu simplesmente quero o meu direito de dizer NÃO. Porque quem foi que disse que liberdade é dizer SIM? Liberdade é dizer NÃO.

Pensei nisso no meu último feriado, porque não quis sair com os amigos, porque não quis viajar, porque não quis ir ao cinema, porque eu não quis nada. E, oras bolas, não há nada de incomum acontecendo comigo – ninguém morreu e eu não morri para ninguém.

Será difícil perceber que além da minha vida que você vê existe outra – e principal – vida que vivo aqui dentro de mim? Eu pareço ser uma pessoa “pra fora”, mas sou muito mais “pra dentro”. Dá pra entender? De qualquer forma ali está uma porta e eu não abro. É a minha escolha.

INERENTE: n adjetivo de dois gêneros 1 que existe como um constitutivo ou uma característica essencial de alguém ou de algoEx.: <função i. ao cargo de subprefeito> <alegria i. às crianças>1.1 Rubrica: lógica.que só existe em relação a um sujeito, a uma maneira de ser que é intrínseca a este

(Do tio Houaiss)

As razões que a própria sacanagem desconhece

Que todo mundo tem um dia de malandro isso é fato. Todo mundo tem um dia que diz que vai ligar e não liga, que sente vontade de pular a cerca, que mente para o chefe que está passando mal, que come mais do que a fome pede e tudo mais. Somos humanos.

Mas então o que leva a pessoa a se fingir de coitado? A manter nos momentos de brigas um ar de coitadinho? De desentendido? De abandonado? Não gosto disso. Prefiro as pessoas que partem pra cima, que brigam com coragem e dignidade, com força, com garra! Que seja por ciúmes, por loucura, por sacanagem e tudo isso junto, mas por favor, meu amor, não dê um passo que me faça acreditar que o máximo da sua maldade é fingir-se de coitado.