O que realmente importa

Crio uma lista do que considero importante: ser uma pessoa honesta, com família unida, casa própria e conta no banco. Isso é suficiente para andar de cabeça erguida. Tomarei analgésicos, consultarei terapeutas (uma vez ao ano, que seja) sendo o suficiente para criar alguma fragilidade confortável. São tantas coisas a fim de buscar outras. Aquela sensação de paz interior, estilo monges zen. Quem sabe ser a melhor amiga, a melhor namorada, amante, mãe.

Quem sabe ganhar a maratona em primeiro lugar, chegar à final do campeonato. Arrumar um novo emprego e comprar uma casa na praia, viajar. Tantas opções, tantas encruzilhadas de filme de terror. E eu aqui, estagnada pelo medo de escolher errado. Perdoar, compartilhar, dividir, somar. Apenas uma trilha registrando e guardando algo bom para usar num futuro próximo; distante, que seja, da linha da vida.

A vida é como uma escada rolante de um shopping. Tem horas que estamos na escada esperando chegar à ponta. Tem horas que passeamos livre pelos corredores. Eu me pergunto quantas escadas rolantes e quantos corredores ainda faltam.

Anúncios

Um comentário sobre “O que realmente importa

  1. acho que é exatamente assim que me sinto em dias nublados..
    obrigado por traduzir com forma tão simples..porém lindo lindo…
    be welcome sempre no divas..
    espero voltar sempre aqui também..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s